quinta-feira, 17 de julho de 2014

O que é ser Lady ?

- Um dia desses um colega de classe estava contando uma novidade a galera. Relatava-se ele de que o nome "Lady" é dado como apelidos a mulheres homossexuais . Verdade isso ?
No meio da conversa, no começo do horário uma menina que o apelido era justamente Lady estava se sentindo incomodada com o assunto. Eu percebi, mais não quis comentar. (O nome dela não é Lady e sim o apelido) Em um outro horário o assunto foi evoluindo cada vez mais. A menina simplesmente saiu da sala. Eu (Sablina) e a Marcelle sairmos e formos atras dela. Ao chegar lá fora encontramos ela chorando. O que de fato me chamou atenção, pois a menina não demonstra ser nem um pouco sensível e ao ver ela chorando fiquei surpresa. Ela no inicio dos comentários ja haveria dito para parar a conversa. Ela tem namorado, não é homossexual mais se incomodou por o apelido dela ser um assunto de um significado desses.
A história pode até parecer idiota, besteira mais o fato é que eu estava lá. Não foi nem um pouco aceitável o que aconteceu.
E respondendo a pergunta " O que é ser Lady ? "
Como a própria Wikipédia diz , ser Lady é : Lady (senhora ou dama em português) é um título nobiliárquico britânico, sendo o feminino de Lorde (Lord, em inglês), é o equivalente ao título "Dona" em Portugal.
No Reino Unido, o título nobre Lady é usado igualmente para uma mulher que usufrua dos seus próprios direitos. Este é o mesmo para a esposa de um senhor (Lord). As primeiras princesas dos séculos XVI, ou filhas de sangue real, foram conhecidas, geralmente, com o título Lady antes do seu nome, por exemplo. A Lady Isabel Tudor, (mais tarde Rainha Isabel I de Inglaterra); os anglo-saxões não tinham um equivalente feminino para os príncipes, condes ou outros títulos, com exceção de rainha, sendo que as mulheres com status real e nobre usavam simplesmente o título de Lady.

                             

Enfim , respeito é tudo não é ?
sei que tem melhores e várias histórias mais bizarras por ai . Mais como essa foi uma que pude está presente não poderia deixar de compartilhar aqui para vocês .
OBS: O nosso colega de classe que deu inicio ao assunto não falou por mal. Tanto que pediu desculpas, e até passou mal por ter sentido muita vergonha do que tinha feito. Falar de um assunto onde deduziu que fosse incomodar (por os nomes serem os mesmos) mais nada de mal pensamento.
Que isso façam vocês refletirem !!
Kiss , Sablina Silva